cartagena

Julho, 2014 | escrito por Carla

Que cidade fofa!

Para quem conhece Paraty, me lembrou muito as ruelas de lá. As casinhas coloridas e floridas do centro histórico, as ruas com vários cantinhos pitorescos super agradáveis de andar...

Como a cidade não tem praias bonitas, a dica é explorar os passeios pelos arredores para conhecer o Caribe Colombiano.

QUANDO IR e quanto tempo ficar

Faz calor o ano todo e a gente comprovou que esse calor é tenso mesmo! Eu e o Dani entrávamos em vários estabelecimentos só para aproveitar um pouquinho o ar condicionado. Que bafo quente!

 

Para curtir o centro e as praias nos arredores, sugiro ficar pelo menos 3 dias.

 

onde ficar

Getsemani é conhecido como o bairro dos mochileiros, então é bom para opções mais #lowcost.

 

Nos hospedamos em um hotel chamado Casa Mary: um quarto duplo bem simples, mas super limpinho, com ar condicionado (fundamental, lá a sensação térmica é sempre alta), em uma rua movimentada e estreita, com café da manhã - no terraço - feito na hora (arepas, huevos revueltos, sanduíches e panquecas). Meio demorado, só tinha uma funcionária e como tudo saía na hora, era uma filinha de pedidos.

 

O centro histórico é mais gostoso e agradável de se hospedar. Algumas ruas são fechadas para pedestres, casinhas coloridas, construções coloniais, bem aconchegante. Ficamos hospedados em um hotel chamado Don Pedro de Heredia.

onde comer

Amamos um restaurante chamado La Mulata. Ótimo custo/benefício e pratos bem gostosos! Comemos um risoto de galinha com bananinha (da terra) chips e um camarão com arroz de coco e purê de banana (delicioso!).

 

Frijoles refritos + champignones nas barraquinhas espalhadas pelos bairros dos arredores do centro é uma ótima pedida também, uma espécie de taco/wrap. Comemos um delicioso na Praça Trinitad, um cantinho bem movimentado e frequentado por jovens turistas (e locais) em Getsemani.

 

Indico também o El Bistro. Comemos uma costela de cedro e um robalo inteiro bem gostosos! Ambiente super aconchegante e cardápio com bom custo/benefício! 

 

Perú Fusion serve ceviches deliciosos. Experimentar com uma cerveja gelada depois de um dia de caminhada foi uma delícia! Indico: Langostinos Tupac. 

Não deixe de comer as famosas arepas. Experimentamos no café da manhã, se for bem feita é deliciosa!

o que fazer

 

centro histórico

O centro fica dentro da parte amuralhada da cidade, e é uma delicia caminhar e explorar as ruelas cheias de casas coloridas e cantinhos pitorescos. 

 

O artesanato local é muito colorido. Bolsas feitas à mão pela tribo Wayuu colorem as ruas em camelôs pelos chãos e esquinas. Atrás da catedral, uma lojinha linda com produtos locais me chamou a atenção, Mia Concept.

 

A Av. Santander é onde o centro encontra o mar - a orla. Toda cercada por um muro. Gostamos de assistir o pôr do sol dali, o Café del Mar é uma boa pedida, mas fica cheio nesse horário (ele fica em cima da parte alta das muralhas do forte e tem vista para o mar, para o centro histórico e para a cidade nova).

 

playa blanca

Mar azul turquesa, transparente e areia branquinha, na Isla Barú, a 40min de barco de Cartagena.

Normalmente os passeios são fechados, incluem almoço e saem lotados do centro. Vimos algumas fotos da praia bem cheia enquanto montávamos nosso roteiro, e saímos do Brasil com a dica “fechar um pacote que não passe no oceanário” (além de não curtirmos aquários, queríamos curtir mais tempo na praia).

 

Descobrimos, por acaso, uma dica melhor ainda para conhecer a praia com mais privacidadeum barquinho menor que nos deixou no canto direito da praia.

 

Bem mais vazio, praticamente só tinha o nosso grupo (6 pessoas). O dono do barco (um argentino super simpático) estava construindo ali o Hostel Playa Blanca. Não ficamos, mas me pareceu uma ótima opção pra quem quer dormir por lá. Ver o sol nascer ali deve ser incrível! Quem tiver ido em algum feriado nesse canto da praia, deixa um comentário contando como foi? Queria saber se realmente é um cantinho sossegado, ou se nós demos sorte!

 

A praia é simplesmente linda! Mar delicioso, raso, calmo, areia branquinha, não dá vontade de sair. Passeamos de caiaque, almoçamos e curtimos um dia inteiro relaxando. Super indico esse esquema!

 

O passeio incluiu:


transfer hotel x porto Muelle de los Pegasos

barco

almoço

retorno até o hotel 

 

O único ponto negativo: na volta o barco balançou bastante, um combo de mar mexido + barco menor. Eu faria tudo de novo, mas vale ficar atento a isso.

 

contato:

Christian: 312 651 6183 | Monica: 314 534 7134

cartagena@aliexpo.com

www.cartagenadeindiasturismo.com

 

isla del rosario

Se você quer conhecer a beleza do caribe colombiano, conheça a Isla del Rosario! 

 

Alguns pacotes até juntam a Playa Blanca + Isla del Rosario, mas quando organizamos o roteiro acabamos optando por ficar hospedados lá por mais dias. E foi a escolha mais acertada que fizemos!

A escolha do hotel contribuiu MUITO.

 

Coralina Island é uma ilhota (só se chega de barco) dentro do Parque Natural Archipielago de las Islas. Um hotel boutique super pequeno (são apenas 6 quartos), que inclui café da manhã, almoço, jantar (refeições deliciosas!) e bebidas não alcoólicas (você pode pedir outras opções do cardápio ao longo do dia). Em 2015, pagamos 788 BRL por dia, esquema all inclusive.

 

A ideia aqui é se isolar. Curtir, relaxar no mar (não tem extensão de areia, só deques) e remar pelos arredores.

Posts relacionados: