• Carla Avena

Templo Zu-Lai, São Paulo

Atualizado: 4 de Dez de 2018


O maior templo budista da América Latina fica bem pertinho da capital Paulista (cerca de 30km), no município de Cotia.


A família do Dani é descendente de Japoneses (se você caiu aqui de paraquedas e não sabe nada sobre nós, mas gostaria de saber, dá uma passadinha no quem somos).

A avó dele tem grande influência budista e certo dia ela nos pediu para levá-la no Zu-Lai.


O lugar é muito energizante, transmite paz, tranquilidade e renova suas energias. Gostei tanto do passeio que resolvi contar um pouquinho aqui pra vocês.





A entrada e o estacionamento são gratuitos.


O templo é enorme, em um terreno arborizado e bem cuidado. O jardim é bonito, tem uma ponte de madeira, um lago com carpas, bambuzais, cerejeiras e muitos budas espalhados, cada um com a sua história e significado.


Dentro do templo um pequeno museu explica um pouco a trajetória das divindades do Budismo. Vale a pena entrar.


A construção é linda, repleta de simbologia, em formato de U, com um pátio interno aberto.





Na entrada da sala principal de cerimônia, no segundo andar, você pode acender um incenso (ritual de agradecimento budista) e escrever pedidos em um papel.




Aprendi que o budismo tem várias vertentes. O Zu Lai é um dentre muitos templos do Monastério Fo Guang Shan espalhados pelo mundo, com raízes no Budismo Maaiana (tradição que enfatiza que a natureza búdica está ao alcance de todos).


Você pode praticar meditação guiada (veja aqui a programação deles) mesmo sem nunca ter tido uma experiência com meditação. Fora isso, eles oferecem diversos projetos de educação, palestras, cursos de meditação e da cultura budista, atividades voltadas à cultura, bibliotecas, curso de filosofia budista, aulas de chinês, ioga e Tai chi chuan.



Ah, e nos finais de semana e feriados, eles servem um almoço oriental vegetariano, das 12h às 14h30 por BRL 30.


Horário de funcionamento:

Terça-feira à sexta-feira: das 12h às 17h; Sábados, domingos e feriados: das 9h30 às 17h;

Segunda-feira não abre!

Práticas públicas aos domingos:

9h30 - Prática de Tai Chi (meditação em movimento)

10h - Cerimônia

14h - Palestra

15h - Meditação orientada


Para mais informações sobre as programações: www.templozulai.org.br


7 visualizações